19 de agosto de 2012

Diga: "não"



Ouvir um "não" quando nos aconselham mesmo que seja para o nosso próprio bem não é nem um pouco cômodo. É preciso ter maturidade o suficiente para saber ouvir bons, justos e firmes "nãos". Como reagiria ouvindo um: "Eu não poderei estar com você" da pessoa que mais ama? Como reagiria ouvindo um: "Você não foi aprovado" na entrevista de emprego, na matéria escolar ou no semestre da faculdade? Como reagiria ouvindo um: "Não poderá contar comigo" do seu melhor amigo?


Por outro lado, algumas situações seriam diferentes se fossem interrompidas por um simples "não". Crianças e adolescentes que crescem sem ouvir "nãos", crescem sem saber que o mundo não é só deles. E aí, no primeiro "não" que a vida dá (e a vida dá muitos "nãos") surtam. A vida não é só prazer é também responsabilidade. Não estou defendendo uma educação rígida e sem diálogo, mas o "não" protege, ensina e prepara. Por mais que seja difícil, eu tento dizer "não" às pessoas e tento respeitar também os "nãos" que recebo. Quem ouve uns "nãos" de vez em quando, também aprende a dizê-los quando é preciso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Parceiros