6 de abril de 2013

Eu me procurarei




Uma expressão involuntária
Um abraço apertado
Um comportamento conduto 
Um aceno contente 
Uma cantoria fora de hora 
Um ato falho 
Uma palavra de conforto 
Uma resposta áspera 
Um sorriso de canto de boca
Um empecilho contraposto
Uma prosa sem rima
Um olhar doce
Uma observação bem colocada
Uma alegria convicta
Um momento eterno 
Uma lágrima carregada de lembranças
Um sonho não esquecido 
Um gesto ríspido
Um tratado de paz
Um testemunho de amor
Um prato composto
Uma lástima piedosa
Um carinho confortador
Um passo apressado 
Uma piada maldosa 

Um arrepio inoportuno
Uma loucura impetuosa
Um trabalho prosperado
Um batimento acelerado
Um ponto final 
Um ritual matinal
Uma crítica construtiva 
Um ensinamento quisto 
Um café amargo 
Uma partida triste 
Um bocejar exaustivo 
Um sentimento enganador 
Um filme sem roteiro 
Uma história destinada 
Um ensinamento pródigo 
Um clima nebuloso 
Uma conversa desenvolta 
Uma aliança quebrada 
Um pedido aflito 
Um drama vivido 
Uma cicatriz incurável 
Uma escolha correta 

Uma batalha vencida 
Uma chegada inesperada 
Uma vitória sofrida 
Uma discussão fatal 
Um mundo ganancioso 
Um trejeito careta 
Um presente enriquecido 
Uma linha torta 
Uma carta rasurada 
Um paradigma imposto 
Um tratamento apropriado 
Um exemplo para seguir 
Um xingamento arrependido 
Uma conquista almejada 
Uma visita inesperada 
Uma amizade duradoura 
Uma história enrolada
Uma vontade insana 
Uma ligação a cobrar 
Um aliado importante 
Uma chance única 
Um desabafo repentino 
Um gesto sincero 
Um casal monótono 
Uma obra valiosa

Uma meia sem par 
Uma costura remendada 
Um pedido duvidoso 
Uma palavra consoladora 
Uma camisa amassada 
Uma música melosa 
Uma hipótese abandonada 
Uma bebida sem gelo 
Uma fotografia pra guardar 
Uma atitude apelativa 
Uma dica proveitosa 
Um prêmio merecido 
Um ato de fé 
Uma busca incessante 
Uma explicação sem motivo 
Um perfume barato 
Um horário a combinar
Uma ideia rabiscada 
Uma cerimônia honrosa 
Uma referência bibliográfica 
Um quadro sem moldura 
Um céu sem nuvens 
Uma manobra radical 
Um chocolate meio amargo 
Um passeio à beira-mar 
Um rádio mudo

Todos os dias nós mudamos aos pouquinhos. Não haverá transformação se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses. Quando paramos para refletir, percebemos que estamos em um processo, fazendo coisas que nunca imaginamos antes, vivenciando situações que compõem o presente instante e que completam parte de nós. Do que sou, do que penso, do que sinto, do que me tornei. Quem realmente somos? Não me pergunte, eu me procurarei. Tudo isso parte de algo que chamamos de "vida", sem ao menos sabermos a definição exata dessa palavra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Parceiros